O Comendador

QUEM FOI COMENDADOR LEVY GASPARIAN?

De origem armênica, Comendador Levy Gasparian foi um visionário, que no início da década de 50 adquiriu propriedade na então localidade de Serraria, a Fazenda  Amazonas, onde funcionava o Laboratório Silva Araújo. Posteriormente, já em 1953, iniciou a construção de uma fábrica de tecidos, o Lanifício Alto da Boa Vista, que aliás, foi o motivo que o trouxe a região, iniciando sua procura por terras e logística na Baixada Fluminense.

Além da Fazenda Amazonas e do Lanifício Alto da Boa Vista, o Comendador Levy Gasparian promoveu uma série de investimentos: ergueu armazéns, escola, cinema, clube, casas e apartamentos para seus funcionários, muitos vindos de outras localidades, originando assim a Vila Japonesa –  que ganhou este nome devido a grande quantidade de trabalhadores de origem ou descendência japonesa que ali instalaram-se e, em torno dessa, diversas outras construções, surgindo então o bairro Fábrica.

Em seu ápice, na década de 70, o Lanifício chegou a empregar perto de 1400 pessoas, não só da localidade, mas também de outras regiões próximas e ter sua produção destinada quase que 100% à exportação. Em toda a região, é quase impossível encontrar alguém que não tenha pelo menos uma pessoa na família que trabalhou no Lanifício. E todos tinham liberdade para abordarem o Comendador, homem humilde, humano e festeiro, que não abria mão da gravata borboleta, e constantemente, por qualquer motivo ou mesmo sem motivo, promovia fartos churrascos para seus funcionários. Em uma dessas ocasiões, trouxe a Escola de Samba Mangueira, do Rio de Janeiro, para uma apresentação na localidade.

Visionário e empreendedor, envolveu-se na política, tendo importante participação também neste setor, sendo inclusive responsável pelo lançamento de Joel da Silva Maia (atual vice-prefeito) e  José Araújo Damasceno (ex-prefeito de Três Rios), na vida pública.

Preocupado com o progresso e acima de tudo o bem estar da população da então localidade de Serraria, não titubeou ao ser solicitado a construir uma praça no centro, arcando com todas as despesas, inclusive o projeto da Praça Joaquim José Ferreira, assim denominada em homenagem ao prefeito responsável pela desapropriação da área. Investiu também no esporte, principalmente o futebol, através da criação do Cotonifício Gasparian, time que disputou durante 10 anos o campeonato trirriense, durante 5 anos sendo vice-campeão e os outros 5, campeão da competição.

Ainda com relação a Praça Joaquim José Ferreira, a tradicional Concha Acústica e os longos bancos em concreto (demolidos pela administração anterior), objetivavam sediar shows musicais, teatrais e circenses, ou seja, levar cultura a população. O monumento ali localizado, representa os três rios que banham a região – Paraibuna, Piabanha e Paraíba do Sul, tendo sido construído com três pedras, uma de cada um desses rios.

Diversos outros prédios foram construídos na região pelo Comendador Levy Gasparian, como o que localizado no centro, sedia hoje o principal point da cidade, além de apartamentos e da conclusão da obra do Clube Caixa D’água, em Três Rios. Sem contar a ETA do centro (Estação de Tratamento de Água), uma obra inovadora para a época e que deu fim ao problema de abastecimento de água não só no centro, mas em diversas outras localidades. Prova desta inovação é que a Estação, construída pelo Comendador e doada ao município, passou por uma única reforma em todos estes anos. Em homenagem e retribuição a Levy Gasparian, a ETA foi denominada Armen Gasparian, com quem casou-se, tendo três filhos: Armando, Eduardo e Marcos.

Comendador Levy Gasparian faleceu no dia 31 de outubro de 1972, no Rio de Janeiro, onde foi velado por centenas de pessoas, inclusive funcionários do Lanifício Alto da Boa Vista que fizeram questão de despedirem-se do amigo, acompanhando o féretro no Cemitério São João Batista.

A partir daí, a falta de novos investimentos e a globalização, fizeram com que a empresa deixasse de ser competitiva no mercado externo – que era seu forte e também internamente, iniciando-se então um processo de degradação. Em 1997, 25 anos após a morte do Comendador, o Lanifício Alto da Boa Vista fechava suas portas.

Em retribuição a todo carinho, dedicação e investimentos, entre outras atribuições, Comendador Levy Gasparian passou a denominar a localidade ainda como Distrito de Três Rios, em 1963. Em 30 de junho de 1991, um plebiscito popular criou o município de Comendador Levy Gasparian, oficializado em 23 de dezembro do mesmo ano, através da Lei Estadual n°  1923.